Temer diz que governo Maduro gera refugiados venezuelanos

Temer diz que governo Maduro gera refugiados venezuelanos

16:34 - Presidente critica o atual governo da Venezuela e diz que está busca solução humanitária

Brasília - O presidente Michel Temer classificou, nesta sexta-feira, a situação política entre o Brasil e a Venezuela como um "embate diplomático" e criticou o governo de Nicolás Maduro, que, segundo Temer, é responsável pela quantidade de refugiados que estão saindo do país. A declaração foi dada durante uma entrevista à “Rádio Guaíba, do Rio Grande do Sul.

— Nós estamos em um embate diplomático com a Venezuela. Estamos a todo momento buscando uma ajuda humanitária, porque a relação do Brasil é uma relação institucional e nós queremos manter as melhores relações. Agora discordamos da forma como as coisas estão caminhando lá. E essa forma como as coisas caminham é que geram os chamados refugiados. Hoje são milhares de venezuelanos que entram lá por Roraima. Portanto a nossa atuação é diplomática, responsável e contestadora do que acontece lá — declarou o presidente brasileiro.

Michel Temer disse que os refugiados venezuelanos têm sido uma preocupação frequente para o Brasil e que, nesta quinta-feira, representantes do governo estiveram no estado de Roraima para examinar as condições dos venezuelanos que estão por lá. Ainda segundo o presidente, um decreto assinado na semana passada, que garante a identidade provisória dos refugiados, vai ajudar o Brasil a ter controle sobre a situação:

— Ontem os ministros da Defesa, da Justiça e do gabinete de Segurança Institucional estiveram lá em Roraima examinando todas as condições que já estão sendo estudadas pela Casa Civil. E eu editei na semana passada um decreto estabelecendo a chamada identidade provisória dos refugiados. Porque o pessoal vinha de lá e não tinha nenhum controle. É ruim para eles porque não conseguem trabalho adequado e por outro lado o estado brasileiro fica sem esse controle — afirmou Temer.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino