Sem Brasil, países fazem acordo com Talibã por saída segura do Afeganistão

Sem Brasil, países fazem acordo com Talibã por saída segura do Afeganistão

18:25 - Departamento de Estado dos EUA diz ter recebido garantias da segurança dos passageiros após retirada de tropas

Quase cem países estabeleceram um acordo com o Talibã, grupo extremista que tomou o poder no Afeganistão neste mês, para a saída segura de estrangeiros do país. O Brasil está fora do documento divulgado hoje pelo governo dos Estados Unidos.

Em clima de insegurança desde a tomada de Cabul pela facção, em 15 de agosto, a retirada de civis do Afeganistão tem sido a prioridade de vários países. Com o pacto, o Talibã se compromete a não impedir a saída de estrangeiros mesmo após terça (31), quando os EUA em tese deixam completamente o país.

O UOL procurou o Ministério das Relações Exteriores para saber por que o Brasil não compõe o grupo e o que tem sido feito para garantir a segurança dos brasileiros que ainda estão no país, mas não teve resposta até a última atualização.

Em nota divulgada neste domingo, o Departamento de Estado dos EUA diz ter recebido garantias da segurança dos passageiros e que qualquer cidadão de outro país poderá deixar o Afeganistão livremente.

"Estamos comprometidos em garantir que nossos cidadãos, trabalhadores, afegãos que trabalharam conosco e estão em risco podem continuar a viajar livremente para fora do Afeganistão", diz o texto.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino