Protecionismo será desafio para exportação, afirma secretário

Protecionismo será desafio para exportação, afirma secretário

O secretário de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Orlando Ribeiro, disse que questões relacionadas ao protecionismo e sustentabilidade estarão entre os principais desafios do Brasil no pós-pandemia no setor de comércio exterior. `

Está muito claro que já se vê um crescimento do protecionismo. Vários países têm introduzido barreiras, muitas delas por motivações sanitárias e fitos sanitárias.`

O secretário destacou que crescem as discussões sobre sustentabilidade, tanto nos acordos em que o Brasil participa quanto por parte dos próprios consumidores, Como exemplo, citou a ameaça recente de boicote aos produtos agrícolas brasileiros vinda de países como Reino Unido e Alemanha, frente ao projeto de regularização fundiária. `Foi uma discussão que inicialmente perdemos por uma questão de percepção,`

Segundo ele, o governo terá que reapresentar a questão de uma forma que seja melhor entendida pelos consumidores mundo afora,

Ele disse que o país foi bem-sucedido ao evitar o desabastecimento na pandemia e atender aos parceiros comerciais. `Temos registrado seguidos recordes de exportação dos produtos do agronegócio`, afirmou, acrescentando que a previsão é de nova safra recorde. `O agro será uma das alavancas da economia na retomada pós-coronavírus.`

Ribeiro afirmou que, apesar disso, há uma grande necessidade de diversificação nos produtos exportados e nos destinos.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino