Conmebol agradece apoio de Bolsonaro e diz que protocolo da competição tem '99% de eficácia'

Conmebol agradece apoio de Bolsonaro e diz que protocolo da competição tem '99% de eficácia'

17:25 - Torneio foi retirado da Argentina de última hora; datas serão mantidas e jogos devem ser realizados com portões fechados

A escolha do Brasil para ser a nova sede da Copa América passou pela aprovação do Presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem partido). O principal mandatário da Conmebol, Alejandro Domínguez, e do país conversaram na manhã desta segunda-feira, e o apoio do governo foi decisivo para que levar a competição para o Brasil, que não era uma opção no começo da reunião, virasse a solução.

Apesar de considerar o protocolo da CBF suficiente, a Conmebol prentende adotar o próprio durante a Copa América.

Um dos dados que a entidade faz questão de mostrar é a porcentagem de eficácia do protocolo sanitário da entidade, o mesmo da Copa Libertadores e Sul-Americana. A eficácia é superior a 99%, segundo dados oficiais da Conmebol. Em 2021, entre janeiro e maio, a entidade organizou 45 jogos da Libertadores, da Sul-Americana e Recopa, em cidades e estádios do Brasil. A Copa América, de 13 de junho a 10 de julho, terá 28 jogos.

Nas redes sociais, Alejandro Domínguez agradeceu pelo apoio.

"Hoje, recebemos o firme respaldo dos membros do Conselho da CONMEBOL que, por unanimidade, aprovaram a proposta da CONMEBOL Copa América 2021 ser disputada no Brasil. É um prazer contar com o apoio constante de nossos colegas", escreveu Alejandro.

A Conmebol anunciou na manhã desta segunda-feira que a Copa América 2021 acontecerá no Brasil. A competição de seleções estava sem sede após Argentina e Colômbia desistirem de realizar o evento, que acontecerá entre 13 de junho e 10 de julho. É a 6ª vez que o país recebe o torneio.

"A Conmebol Copa América 2021 será disputada no Brasil! As datas de início e término do torneio estão confirmadas. Os locais e os jogos serão informados nas próximas horas. O torneio de seleções mais antigo do mundo fará vibrar todo o continente!", escreveu a entidade ao anunciar a mudança em suas redes sociais.