Mais de 130 países endossam resolução na ONU pedindo acesso equitativo a vacinas

Mais de 130 países endossam resolução na ONU pedindo acesso equitativo a vacinas

22:15 - Estados Unidos, que têm status de observador, não assinaram texto

O Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas adotou uma resolução nesta terça-feira pedindo acesso equitativo e acessível às vacinas contra a Covid-19. O texto, endossado por mais de 130 países e adotado por consenso, defende o direito dos Estados de usar a flexibilidade das regras existentes da Organização Mundial do Comércio sobre propriedade intelectual para as vacinas.

China e União Européia apoiaram o texto, apresentado pelo Equador e pelo Movimento dos Países Não Alinhados (MNA), que reúne 115 países. O Reino Unido esclareceu que qualquer ação tomada deve estar em conformidade com o direito internacional, mas aderiu ao consenso. Os Estados Unidos, que têm status de observador, por sua vez, não assinaram a resolução.