Presidente argentino evolui favoravelmente e está assintomático para Covid-19

Presidente argentino evolui favoravelmente e está assintomático para Covid-19

22:46 - Buenos Aires, 6 abr (EFE).- O estado de saúde do presidente da Argentina, Alberto Fernández, está evoluindo favoravelmente, três dias depois de ter sido diagnosticado com Covid-19, além de estar assintomático, informaram nesta terça-feira fontes oficiais.

Em um comunicado, a Unidade Médica Presidencial garantiu que ele está "com sinais vitais dentro dos parâmetros normais".

Da mesma forma, ressaltou que "o quadro clínico continua ameno", igual aos últimos dias.

"Ele continuará cumprindo com o isolamento obrigatório e sob rigoroso controle médico da Unidade Médica Presidencial", acrescentaram o corpo médico responsável pela saúde de Fernández.

O presidente argentino está isolado na residência presidencial de Olivos, poucos quilômetros da cidade de Buenos Aires.

O comunicado, assinado pelo Dr. Federico Saavedra, afirma que sua evolução será informada diariamente, assim como "as medidas médicas a serem tomadas".

Ontem foi confirmado que o presidente não tinha sido contagiado com nenhuma das novas variantes que já circulam na Argentina, país que enfrenta uma segunda onda de infecções.

Fernández contraiu Covid-19 após receber duas doses da vacina russa Sputnik-V - a primeira em 21 de janeiro e a segunda dose em 11 de fevereiro.

O próprio presidente argentino havia relatado no início da madrugada de sábado, no Twitter, que, apresentava temperatura de 37,3 graus e uma leve dor de cabeça, realizou um teste de antígeno e deu positivo para Covid-19.

Para confirmar a infecção, Fernández fez um teste PCR, que também deu positivo.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino