Novo secretário do Ministério da Saúde apoia cloroquina

Novo secretário do Ministério da Saúde apoia cloroquina

Empresário, que será nomeado para área de ciência e tecnologia da pasta, diz que se criou uma ´fantasia´ em torno do medicamento

Escolhido para assumir a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, o empresário Carlos Wizard defende que todas as pessoas com sintomas de Covid-19, mesmo leves, procurem atendimento médico.

Ele diz que os familiares e demais contatos do paciente devem ser tratados com cloroquina e hidroxicloroquina como forma de prevenir o contágio, cabendo ao médico prescrever de acordo com cada caso. O futuro secretário, que deve ser nomeado até sexta-feira, foi convidado pelo ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello. Wizard trabalhou com Pazuello, em Roraima, em operação social voltada a venezuelanos na fronteira.

O empresário, que é dono de franquias e controla operações de grandes marcas no Brasil, rebateu estudos que apontaram a ineficácia da cloroquina e hidroxicloroquina no tratamento da doença, afirmando que revistas científicas internacionais, como a `Lancet`, avisaram que revisarão tais publicações. E diz que `estudos científicos internacionais comprovam a eficácia do uso precoce dessas substâncias`, sem mencionar a quais pesquisas se refere.

Pazuello já havia emitido orientações, no último dia 20, sobre utilização precoce da cloroquina e hidroxicloroquina, mas sem mencionar o uso profilático. Pazuello assinou a medida sob pressão do presidente Jair Bolsonaro, após o ex-ministro Nelson Teich, oncologista, pedir demissão por não concordar com a medida. Wizard critica o protocolo adotado pelo ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, que recomendava a ida ao hospital apenas quando a pessoa tivesse sintomas graves, como dificuldade para respirar.

Segundo ele, a diretriz mudou. Ele diz que muitas pessoas perderam a vida porque já chegavam ao hospital em situação crítica. Nossa recomendação é justamente o contrário: a pessoa, ao ter os primeiros sintomas, vai para posto de atendimento, UPA, pronto socorro, hospital, plano médico. Comprovada a Covid, ela passaa ter tratamento precoce. E os seus familiares, (o tratamento) profilático afirma Wizard.

Para rebater estudos sobre efeitos colaterais perigosos da cloroquina e da hidroxicloroquina em casos de Covid-19, como arritmia cardíaca, Wizard falou em `fantasia` criada sobre os medicamentos: Criou-se uma fantasia em torno de cloroquina e hidroxicloroquina, que existem há50, 60,70 anos. Até hoje ninguém questionou ou se opôs a esse tipo de tratamento. Pacientes com lúpus usam continuamente a hidroxicloroquina por 10,20,40 anos. Ele considera que fazer uma abertura geral da economia seria `insensatez` e defende a volta gradual às atividades, com medidas como triagem em indústrias, medição de temperaturae disponibilidade de transporte para funcionários.
Embora seus antecessores no cargo fossem médicos, Wizard observa que Pazuello, atual ministro, é general do Exército, e que o dirigente atual da OMS, Tedros Adhanom, não tem diploma em medicina. Adhanom é biólogo, com mestrado e doutorado, e pesquisador de malária reconhecido internacionalmente. Estou doando meu tempo, minha capacidade intelectual, de administração, de interlocução diz.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino