Coronavirus  ●  Estados Unidos  ●  Islas Malvinas  ●  Mercosur  ●  Mercosur-UE  ●  Venezuela

Não sei por que a família Bolsonaro se preocupa tanto comigo, diz Fernández

Não sei por que a família Bolsonaro se preocupa tanto comigo, diz Fernández

O presidente argentino, Alberto Fernández, afirmou em uma entrevista a uma emissora local na noi te de quarta (2) que não sabe por que `a família Bolsonaro está tão preocupada` com ele.

A declaração foi uma resposta a tuítes recentes de Eduardo Bolsonaro. Horasmais cedo, o filho do presidente brasileiro afirmara, em rede social, que o que estava acontecendo na Argentina devido àlongaquarentena era uma `calamidade` e que o país tinha sido`destruídoporseugoverno socialista em poucos meses`.

Não ê a primeira vez que Eduardo faz críticasao governo Fernández. No último dia 22, quando a Argentina declarou que a telefonia celular e os serviços de internet eram de interesse nacional e, por isso, não poderiam ter tarifas aumentadas até 31 de dezembro, Eduardo disse que a Argenti na estava se transformando numa `nova Venezuela`.

Devido ao caso, o deputado deverá se reuniremBrasília com o embaixador da Argentina no Brasil, Daniel Scioli, na próxima semana. `Percebique seria melhor conversar pessoalmente sobre isso com ele`, disse Seio li à Folha.

Na entrevista, Fernández afirmou que a rela ção do Brasfleoma Argentina `éindissolúvel`, mas que não conhece os Bolsonaros e só estava fa lando do presidente brasileiro porque `vocês [os jornalistas] estão me perguntando`.

`A família Bolsonaro está muito preocupada comigo e com a Argentina, não sei, creio que vocês teriam de perguntar a razão à família Bolsonaro`, disse o mandatário.

Em quase nove meses de governo, ele não manteve nenhum diálogo com Bolsonaro.

No final da tarde desta quin ta {3), Eduardo Bolsonaro voltou a comentara situação na Argentina pelas redes sociais.

Reproduzindo a frase de Fernández sobre a`preocupação` com ele, afirmou: `Nossos vizinhos fazem parte da nossa vida e torcemos pelo seumelhor. Simpatia com ditaduras e como conduzem a economia causampreocupação. A Venezuela com políticas socialistas levou a uma nareoditadura e eonsequen te maior crise migratória da história da América Latina`.

Eduardo Bolsonaro acrescentou, enviando uma meu sagem ao `povo argentino`: `Somosirmãos e saibam que o Brasil está do seu lado, lutando contra tiranos e agindo sempre pela liberdade`.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino