Na Argentina, faculdade cancela palestra de Moro após críticas

Na Argentina, faculdade cancela palestra de Moro após críticas

A faculdade de direito da Universidade de Buenos Aires (UBA) decidiu cancelar evento virtual que teria como principal orador o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro, apenas horas depois de divulgá-lo em sua página oficial enas redes sociais

. No flyer, a palestra é descrita como debate sobre `o combate à corrupção, a democracia e o Estado de direito`, e apresenta Moro como `juiz`, omitindo sua passagem pelo governo Bolsonaro e o fato de ser ex-juiz. O evento seria em 10 de junho. O convite havia sido feito pelo Centro de Estudos sobre Transparência e Luta, vinculado ao ex-presidente Maurício Macri e seu partido.

O assunto viralizou rápido nas redes, causando muita reação negativa por parte de lideranças políticas de esquerda ou ligadas ao kirchnerismo. Menções à prisão do expresidente Lula predomina ram em notas e postagens. Deputados e ministros se manifestaram. Umadelasfoí a titular da pasta da Mulher, Elizabe th Gómez Alcorta, que postou: `Compartilho orepúdio a essa atividade, em uma universidade públícaem que se deve formar pessoaspara a defesa do Estado de Direito e das garantias constitucionais`.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino