“Michel Temer da Argentina” aproxima Bolsonaro de país vizinho

“Michel Temer da Argentina” aproxima Bolsonaro de país vizinho

30/11 Embaixador da Argentina no Brasil há cerca de três meses, Daniel Scioli tem angariado fãs no governo brasileiro, entre eles o próprio presidente. Auxiliares diretos de Jair Bolsonaro creditam a ele a realização da reunião virtual feita nesta segunda-feira (30) entre os chefes de estado dos dois países.30/11 -

A primeira agenda bilateral entre ambos acontece quase um ano após a posse de Alberto Fernández como presidente da Argentina. A reunião que tinha previsão de meia hora de duração teve quase uma.

Ex-governador da Província de Buenos Aires e candidato derrotado à Casa Rosada nas eleições de 2015, Scioli tem sido chamado por alguns membros do Palácio do Planalto de “Michel Temer da Argentina”, devido ao perfil político do chanceler. Scioli já visitou 16 ministérios da Esplanada na sua busca por aproximação.

Algumas autoridades brasileiras defendem que uma relação parecida seja estabelecida com o embaixador da China, Yang Wanming. Sabem, porém, que esse caminho dificilmente será construído. O país asiático já respondeu a diversos ataques feitos por apoiadores do presidente, em especial seu filho Eduardo Bolsonaro.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino