Lula admite que PT pode não ter candidato à Presidência em 2022

Lula admite que PT pode não ter candidato à Presidência em 2022

Ex-presidente diz que cenário é ´plenamente possível´, mas pondera que apoio a outra sigla depende de nome viável

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou ontem que é `plenamente possível` que o PT não tenha candidato próprio à Presidência em 2022. Ele fez o comentário ao ser indagado sobre a situação da Argentina, onde a ex-presidente Cristina Kirchner aceitou ser vice na chapa de Alberto Fernández, que venceu a disputa em 2019. A comparação foi feita porque Cristina aparecia bem nas pesquisas, mas também enfrentava uma rej eição maior que a de Fernández Lula, em 2018, também tinha elevados índices de intenção de voto e de rejeição.
A declaração, em entrevista ao canal da TV Democracia na internet, ocorre no momento em que o presidente Jair Bolsonaro vive sua fase de maior popularidade, segundo o Datafolha. Bolsonaro tem investido em viagens parao Nordeste, região em que os eleitores votam amplamente em candidatos do PT desde o governo Lula. A pesquisa indica que o pagamento do auxílio emergencial é um dos fatores que explicam o apoio a Bolsonaro.
É plenamente possível que o PT não tenha candidato à Presidência. O PT pode ter candidato a vice. O PT pode ter candidato a outra coisa. Isso é plenamente possível afirmou o ex-presidente.
Foi a primeira vez que Lula reconheceu a possibilidade de o partido não ocupar a cabeça de chapa de uma eleição presidencial posto assegurada pelo PT desde 1989. Lula, no entanto, reforçou que o PT é `o maior partido de esquerda da América Latina`:
E preciso ter um candidato (de esquerda) que tenha habilidade de tratar os partidos com o respeito que os partidos merecem. Não adianta querer brigar com o PT. Não podem querer que o PT abra mão dessa grandeza que o povo lhe deu (nas urnas) a troco de nada.
O ex-presidente ponderou que, para compor com outra candidatura, é necessário que ela seja competitiva:
Ou apresenta um candidato maior do que o PT ou não tem chance. As pessoas falam: `Olha, eu tenho uma pesquisa que mostra que no segundo turno tem (candidato com) mais voto que o Lula`. Para passar para o segundo turno, tem que passar pelo primeiro.
Em 2018, setores da esquerda defendiam que o PT poiasse o ex-ministro Ciro Gomes, que concorreu pelo PDT. A aliança não foi adiante e, ontem, Lula voltou a criticar Ciro:
Tenho mais carinho pelo Ciro do que ele tem demonstrado ter por mim. O companheiro Ciro deveria ter ficado no Brasil e ter declarado apoio ao Fernando Haddad (no segundo turno). Mas ele preferiu um gesto de rebeldia disse, em referência à viagem de Ciro para a Europa.
Em entrevista ontem ao colunista Guilherme Amado, da Revista Época, o senador Jaques Wagner também indicou outros planos para o PT:
Lula tem 74 anos. Em 2022, vai ter 76, 77. Se ele ganhar, vai estar com 80 e tantos anos na Presidência. Não acho razoável.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino