Itamaraty condena atentados no Afeganistão

Itamaraty condena atentados no Afeganistão

20:46 - O Ministério das Relações Exteriores divulgou nesta quinta-feira (26) nota em que “condena, nos mais fortes termos, os atentados registrados nas imediações do Aeroporto Internacional Hamid Karzai, em Cabul”, no Afeganistão. A explosão deixou pelo menos 12 soldados norte-americanos mortos e feriu mais 15, no pior dia de baixas para as forças norte-americanas em uma década. O ataque foi reivindicado Estado Islâmico.

“Ao transmitir condolências às famílias atingidas e ao povo afegão, o governo brasileiro exorta todos os atores envolvidos a garantir a proteção dos civis, o respeito ao Direito Internacional Humanitário, inclusive o acesso desimpedido da ajuda humanitária, e o respeito aos direitos humanos, em especial de mulheres e meninas”, afirma a nota.

A explosão, que ocorre em meio a um enorme esforço para a retirada de pessoas do Afeganistão, após a tomada do país pelo Talibã, parece ter sido causada por um ataque suicida com bomba, disseram autoridades norte-americanas, citando um relatório inicial.

Com a voz embargada, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, prometeu que o país vai caçar os responsáveis pelas duas explosões ocorridas nesta quinta-feira no aeroporto da capital afegã. Em pronunciamento, Biden disse que pediu ao Pentágono que desenvolva planos de ataque aos militantes islâmicos responsáveis pela ação.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino