Israel espera que embaixada do Brasil mude em janeiro

Israel espera que embaixada do Brasil mude em janeiro

Austrália analisa seguir decisão brasileira e deve reconhecer hoje Jerusalém como capital israelense

A vice-ministra das Relações Exteriores de Israel, Tzipi Hotovely, disse `esperar que a embaixada brasileira se mude para Jerusalém em janeiro`, logo depois que o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, tome posse. A afirmação foi feita 110 domingo, na conferência anual dos embaixadores do Ministério das Relações Exteriores, e divulgada pelo jornal Haaretz.

Hotovely também afirmou que é importante `continuar a campanha para conseguir que mais embaixadas se mudem` para Jerusalém. `Em maio, marcaremos um ano desde a mudança da embaixada dos EUA para a capital e temos uma janela histórica de oportunidade para trazero maior número possível de embaixadas estrangeiras para Jerusalém`, disse. `Tivemos apenas uma capital nos últimos 3 mil anos, e é Jerusalém.`

Alguns dias depois de vencer as eleições, Bolsonaro disse que pretendia transferir a embaixada brasileira em Israel de Tel- Aviv para Jerusalém. `Como dito anteriormente durante nossa campanha, pretendemos transferir a embaixada brasileira de Tel-Aviv para Jerusalém. Israel é um Estado soberano e nós devemos respeitar isso`, escreveu Bolsonaro em sua conta no Twitter.

Na segunda-feira, a Liga Árabe alertou Bolsonaro, em carta, para o risco de que a transferência da embaixada prejudique as relações com os países árabes. De janeiro a setembro deste ano, o Brasil exportou para o Oriente Médio - excluído Israel - um total de US$ 9,6 bilhões.

Exemplo. Hoje, o governo da Austrália deve reconhecer Jerusalém como acapital de Israel, informou ontem um relatório da chancelaria do país. Adecisão foi tomada na semana passada e ratificada em u ma reunião de gabinete do primeiro-ministro australiano, Scott Morrison.

Não ficou claro se o governo reconhecerá Jerusalém ou apenas JerusalémOcidental como a capital de Israel, segundo informou a rede de TV SBS. A embaixada, no entanto, não será transferida para a nova capital em razão do custo de US$ 200 milhões. Morrison, um evangélico devoto e líder do Partido Liberal, assumiu o cargo em agosto e se mostrou inclinadoa seguir a política externa dos EUA.

No ano passado, o presidente americano, Donald Trump, reverteu abruptamente décadas de política externa dos EUA quando reconheceu Jerusalém como a capital de Israel, causando indignação dos palestinos e do mundo árabe. Para eles, a decisão fez os americanos perderem a condição de mediador nas negociações de paz. Após o reconhecimento, a embaixada americana foi transferida de Tel-Aviv para Jem salém emmaio.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino