'Grandeza política', diz Lula ao agradecer Maduro por oxigênio enviado a Manaus

'Grandeza política', diz Lula ao agradecer Maduro por oxigênio enviado a Manaus

13:47 - Ex-presidente afirmou que ajuda do mandatário venezuelano foi 'gesto de solidariedade' em relação ao colapso sanitário no Amazonas

O ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva agradeceu nesta sexta-feira (22/01) o governo da Venezuela pela ajuda humanitária enviada ao estado do Amazonas, declarando que o gesto foi uma "grandeza política" de Nicolás Maduro.

Em carta, petista afirmou que a ação do presidente venezuelano foi um "gesto de solidariedade" em relação ao colapso sanitário que acometeu o Amazonas, principalmente Manaus, por falta de oxigênio nos hospitais, um "resultado da ausência de responsabilidade do governo no nosso país".

"Fica, com esse gesto de solidariedade, a lição para os países aprenderem a conviver democraticamente na adversidade", disse Lula.

O ex-presidente também declarou que a medida dos venezuelanos não "será esquecida" pelos brasileiros e que, reconquistando a democracia no Brasil, "iremos restabelecer relações políticas civilizatórias com o governo e o povo irmão da Venezuela".

"Seu país sempre foi um grande parceiro do Brasil durante o meu governo, no governo da presidenta Dilma e também durante outras administrações [...] todos aqueles que reconheceram um impostor como presidente devem agora ter a mesma grandeza que o senhor teve em relação ao Brasil e reconhecer vossa excelência como o único e legítimo presidente da Venezuela", afirmou.

Leia carta na íntegra:

"Prezado Presidente Nicolás Maduro,

Quero agradecer o gesto de solidariedade e a grandeza política que vossa excelência teve ao ser solidário com o povo de Manaus, na crise por falta de oxigênio hospitalar, resultado da ausência de responsabilidade do governo no nosso país.

O seu gesto prova que é possível fazer política sem ódio.

Tenha certeza, senhor presidente, que essa ação não será esquecida pelo povo brasileiro. E tão logo conquistemos a democracia de volta para o Brasil iremos restabelecer relações políticas civilizatórias com o governo e o povo irmão da Venezuela. Seu país sempre foi um grande parceiro do Brasil durante o meu governo, no governo da presidenta Dilma e também durante outras administrações.

Fica, com esse gesto de solidariedade, a lição para os países aprenderem a conviver democraticamente na adversidade.

O povo da Venezuela e somente ele, pode julgar o governo venezuelano. E todos aqueles que reconheceram um impostor como presidente devem agora ter a mesma grandeza que o senhor teve em relação ao Brasil e reconhecer vossa excelência como o único e legítimo presidente da Venezuela.

Um abraço do seu amigo,

Luiz Inácio Lula da Silva "

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino