Governadores pedem à Anvisa reanálise de pedido para importar Sputnik V

Governadores pedem à Anvisa reanálise de pedido para importar Sputnik V

20:14 - Gestores encaminharam novo documento à agência.

BRASÍLIA — Governadores apresentaram nesta quarta-feira à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) um pedido de reanálise à importação da vacina russa Sputnik V. Na segunda-feira, a agência negou o pedido feito por dez estados.

Segundo a assessoria do Consórcio do Nordeste foram enviados à Anvisa novos esclarecimentos técnicos e documentação comprobatória da eficácia, qualidade e segurança do imunizante, que é desenvolvido pelo Instituto Gamaleya. O documento em inglês tem 55 páginas.

A Anvisa reafirmou hoje que foi identificada presença de vírus replicante na vacina e afirmou que enviou sua análise à Organização Mundial de Saúde (OMS) e a outras autoridades regulatórias estrangeiras.

Mais cedo, em rede social, a fabricantes da Sputnik V afirmaram que vão processar a Anvisa por "espalhar informações falsas e imprecisas intencionalmente". No novo documento encaminhado pelos russos, os fabricantes da vacina comentam os principais pontos apresentados pela Anvisa e fornecem novas informações sobre a vacina.

No ofício enviado pela procuradoria da Bahia, o estado pede que a agência faça novo pronunciamento a partir da análise das documentações mais recentes apresentadas pelo estado.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino