França se tornaprimeiropaís adoar vacinaspara oCovax

França se tornaprimeiropaís adoar vacinaspara oCovax

14:50 - O objetivo do consórcio pelo acesso mais equitativo às vacinas é enviar 2 bilhões de doses até o fim do ano.

A França se tornou nesta sexta-feira o primeiro país a doar vacinas contra a covid-19 para o Covax, o consórcio multilateral para garantir um acesso mais equitativo às doses dos imunizantes.

Um lote de mais de 100 mil doses da vacina da AstraZeneca/Oxford será enviados pela França à Mauritânia por meio do Covax. Em junho, outras 400 mil doses serão disponibilizadas pelo país. No total, o governo francês se comprometeu a doar 5% das doses que adquiriu até o fim de 2021.

O anúncio foi feito pelo presidente da França, Emmanuel Macron, que participou nesta sexta-feira de um evento para celebrar o primeiro aniversário do “ACT Accelerator”, uma iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) para agilizar o desenvolvimento, produção e a distribuição de testes, medicamentos e vacinas contra a covid-19.

Outros países, como Noruega, Espanha e Nova Zelândia, prometeram seguir o exemplo da França. “Devemos continuar nossos esforços. Chegou a hora de compartilhar”, disse Macron.

Até o momento, a Covax distribuiu cerca de 40,5 milhões de doses de vacinas a 118 países. O objetivo do consórcio é enviar 2 bilhões de doses até o fim do ano.

Mais cedo, em um relatório sobre o primeiro ano do “ACT Accelerator”, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, destacou a desigualdade nas campanhas de vacinação dos países ricos e dos pobres.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino