Eurásia alerta para situação da Argentina

Eurásia alerta para situação da Argentina

A consultoria Eurásia disse que o Banco Central da Argentina adotou `medidas decisivas` na sexta-feira passada para conter a desvalorização do peso, ao elevar os juros de 33,25% para 40% e forçar os bancos a venderem dólares no mercado doméstico.

A consultoria Eurásia disse que o Banco Central da Argentina adotou `medidas decisivas` na sexta-feira passada para conter a desvalorização do peso, ao elevar os juros de 33,25% para 40% e forçar os bancos a venderem dólares no mercado doméstico.

Segundo a consultoria, porém, um cenário de juros elevados, crescimento menor, alta inflaçãoeuma moeda ainda valorizada `seria difícil politicamente de sustentar e poderia levar a novas tensões entre os formuladores da política econômica`.

Nesse quadro, a Eurásia reduziu sua perspectiva para a trajetória do p aí s no curto e no lo ngo prazos, nos dois casos de positiva para neutra. Segundo ela, a consolidação fiscal e as reformas econômicas devem continuar a avançar, mas cálculos de ganhos e perdas na are na política e também restrições à tomada de decisões 110 país devem dificultar isso, `em um quadro Sob pressão 40% é o juro básico hoje na Argentina depois da elevação feita pelo banco central do país na sexta-feira passada quando a taxa estava em 33,25% global mais desafiador`.

A Eurásia vê os anúncios de sexta-feira como uma mudança nos objetivos da equipe econômica, estabelecidos no fim do ano passado, que eram de reformas, desregulação e evitar um peso mais fraco. Para a consultoria, agora não está claro se esses objetivos foram substituídos por algo além de gerenciar a crise no curto prazo. Mais adiante, acredita que a políticaeconômica continuará reagindo ao que acontece, na dependência de variações do mercado e de como o quadro econômico global se desenvolve nos próximos meses.

O d esafio, p ara a Eurásia, surgirá se o peso se valorizar mais em termos reais, em um contexto de inflação ainda alta e crescimento mais fraco, Na avaliação dela, correntes diferentes no governo podem gerar ruído na questão da taxa de juros e da política monetária.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino