Empresários brasileiros e europeus se unem em defesa do acordo entre Mercosul e UE

Empresários brasileiros e europeus se unem em defesa do acordo entre Mercosul e UE

19:40 - Para o professor de economia da USP, Celso Grisi, o acordo terá benefícios para os dois blocos, com ganhos para a agricultura brasileira.

Entidades empresariais do Brasil e Europa divulgaram nesta sexta-feira, 30, uma declaração em defesa do acordo entre o Mercosul e a União Europeia. O documento é assinado pela Confederação Nacional da Indústria, a Business Europe, que representa a Confederação de Empresas do Bloco Europeu, e a Confederação Empresarial de Portugal.

De acordo com o texto, o acordo possui regras ambiciosas e avançadas em desenvolvimento sustentável, incluindo compromissos para a adoção e implementação dos principais tratados internacionais, como o Acordo de Paris.

Para o professor de economia da Universidade de São Paulo (USP), Celso Grisi, o acordo chega em boa hora e trará muitos benefícios para o Mercosul, em especial a agricultura brasileira.

“As empresas europeias estão ansiosas para assinar esse acordo porque vão ter isenção tarifárias para entrar no Mercosul com produtos da sua indústria”, afirma.

“Enquanto isso, vamos ter um ganho extraordinário com a exportação de produtos agrícolas, e sobretudo produtos que estejam ligados a biocombustíveis e carne bovina”, completa.

Entretanto, o professor alerta para possíveis prejuízos na cadeia leiteira. “Do ponto de vista dos lácteos e derivados, porque a indústria europeia é muito forte e com as isenções vão ganhar um mercado forte aqui”, explica.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino