Crítica de países latinos a Maduro precisa passar à ação, diz oposicionista

Crítica de países latinos a Maduro precisa passar à ação, diz oposicionista

`Os outros países da América Latina podem nos ajudar mais, passando do discurso à ação`, diz à Folha o vice-presidente da Assembleia Nacional, o oposicionista Freddy Guevara.

`Os outros países da América Latina podem nos ajudar mais, passando do discurso à ação`, diz à Folha o vice-presidente da Assembleia Nacional, o oposicionista Freddy Guevara.

Recém-chegado de uma turnê por Europa e EUA, ele afirma que há `um consenso por parte de líderes estrangeiros de que a Venezuela vive uma ditadura, mas que faltam medidas práticas que surtam efeito.

`Os outros países poderiam investigar as contas secretas dos funcionários chavistas no exterior ou expor os efeitos de suas relações com o crime organizado e o narcotráfico, para obrigar que se abram investigações internacionais contra eles`, observa.

Por enquanto, segundo Guevara, apenas os EUA e o Panamá começaram a fazer isso, mas de forma `muito discreta`.

`Só declarações públicas pedindo mais diálogo não surtirão muito efeito. Nossa situação é bem mais urgente`, diz o deputado, referindo-se a comunicados recentes do Mercosul e do Grupo de Lima.

Guevara conta que a Assembleia Nacional, de maioria oposicionista, eleita em 2015, tem atuado com dificuldade e vem sendo ignorada pelo Executivo: `Fazemos sessões apenas quando a Assembleia Nacional Constituinte (ANC) não está reunida. E, mesmo assim, só quando os militares permitem que entremos no prédio`.

De acordo com ele, os congressistas têm tentado manter sua agenda, votando e aprovando leis -que não são aplicadas. `Mas não podemos desistir e voltar para casa. Fomos eleitos pela população para isso. Se deixarmos de ir e de fazer nosso trabalho, a ANC toma nosso lugar.`

Para 2018, seu partido, o Voluntad Popular, pretende lançar a candidatura à Presidência de Leopoldo López, caso este seja libertado e reabilitado a tempo.

Benquisto por eleitores mais jovens, Guevara não comenta a possibilidade de ele mesmo sair candidato, se o chefe de sua legenda ainda estiver impossibilitado de participar da disputa.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino