Coronavírus: Brasil tem 25.262 casos confirmados e 1.532 mortes

Coronavírus: Brasil tem 25.262 casos confirmados e 1.532 mortes

19:01 - Na segunda-feira, o total de infectados chegava a 23.423, com 1.328 mortes confirmadas.

Leandro Prazeres, Renata Mariz e André de Souza

BRASÍLIA - O número de pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus no Brasil subiu para 25.262 e o total de mortes chega a 1.532. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde na tarde desta terça-feira. No último balanço do governo, na segunda-feira, o total de infectados chegava a 23.423, com 1.328 mortes confirmadas.

Houve um recorde no número de mortos: 204 novos casos registrados nas últimas 24 horas, o que equivale a incremento de 15%. O último pico ocorreu no dia 9 de abril, quando foram 141 óbitos registrados. Houve ainda mais 1.832 novos casos, aumento de incremento de 8%.

O secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira, afirmou que parte das notificações é reflexo do represamento de dados que ocorre nos fins de semana e, na última semana, com o feriado na sexta-feira. Ele voltou a repetir que esse pequeno atraso é natural no registro.

O ministro Luiz Henrique Mandetta creditou um aumento de 8% a 10% de de novos casos da Covid-19 nesta semana ao distanciamento social realizado nas últimas semanas.

- Estamos vivendo essa semana, 8%, 10% de aumentos, dessa redução de mobilidade social que fizemos. E ela se presta nesse momento para que a gente aumente nossa capacidade de atendimento.O coeficiente de mortalidade no Brasil é de sete mortos por um milhão de habitantes.

Cinco estados são classificados em "emergência" por terem taxa 50% superior à média nacional: Amazonas (21 por milhão de habitantes), São Paulo (15), Rio de Janeiro (13), Pernambuco (12) e Ceará (12).

O estado mais afetado continua sendo São Paulo, com 9.371 casos e 695 óbitos, seguido pelo Rio de Janeiro, com 3.410 pessoas diagnosticadas e 224 mortes.

Com 179 casos a cada um milhão de habitantes, Roraima se juntou ao grupo de estados considerados em situação de "emergência". Isso ocorre quando a unidade da federação tem incidência 50% acima da média nacional, de 119 casos por um milhão de habitantes.

As demais unidades federadas nessa situação são Amapá (356 por mihão de habitantes), Amazonas (353), Ceará (218), Distrito Federal (213), São Paulo (202), Rio de Janeiro (196).

Produção de equipamentos

O ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, disse que a empresa pública Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) abriu uma linha de crédito de R$ 600 milhões para aumentar a capacidade de produção de equipamentos necessários ao enfrentamento da epidemia de covid-19. Ela será voltada para empresas do setor de saúde, e também para que empresas de outras áreas possam adaptar sua linha de produção. Haverá outro edital da Finep, no valor de R$ 5 milhões, para sa eleção pública de empresas que possam apresentar inovações em equipamentos de proteção individual e coletiva.

Pontes também disse que as emissoras de televisão poderão, durante a pandemia, ter quatro canais digitais cada uma. Tais canais poderão ser usados para transmitir aulas, uma vez que as escolas estão fechadas. Ele também anunciou um site, o cienciaemcasa.mctic.gov.br, voltado para o público infantil, com aplicativos, jogos e educação científica.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino