Conselho de Segurança analisa crise da Venezuela na segunda-feira

Conselho de Segurança analisa crise da Venezuela na segunda-feira

O Conselho de Segurança das Nações Unidas realizará na próxima segunda-feira uma reunião informal para discutir a crescente crise na Venezuela, a pedido dos Estados Unidos, informaram nesta terça fontes diplomáticas.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas realizará na próxima segunda-feira uma reunião informal para discutir a crescente crise na Venezuela, a pedido dos Estados Unidos, informaram nesta terça fontes diplomáticas.

Um dos oradores no Conselho será Luis Almagro, secretário-geral da Organização dos Estados Americanos e forte crítico do presidente venezuelano, Nicolás Maduro.

O chanceler argentino, Jorge Faurie, confirmou a reunião em uma conversa com jornalistas em Nova York, acrescentando que foram convidados para o evento representantes do Grupo de Lima, integrado por vários países latino-americanos e o Canadá, que pedem a intervenção da ONU na Venezuela.

"A Venezuela hoje enfrenta uma emergência alimentar e de saúde que precisa de resposta, e as Nações Unidas têm mecanismos" para enfrentar este tema, disse Faurie.

Segundo o funcionário argentino, o Grupo de Lima será representado pelos chanceleres de Peru e Canadá, Ricardo Luna e Chrystia Freeland.

O Grupo de Lima é integrado por Brasil, Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Paraguai e Peru.

O presidente argentino, Mauricio Macri, se reuniu nesta terça-feira com o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, com quem tratou da crise.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino