Com mau humor externo, Bolsa sobe apenas 0,53%

Com mau humor externo, Bolsa sobe apenas 0,53%

Tensão com Arábia Saudita faz NY fechar em queda. No Brasil, dólar recua 1,16%, a R$ 3,735

O mau humor que tomou conta dos mercados financeiros internacionais ontem impediu uma valorização maior da Bolsa brasileira. O Ibovespa, principal índice de ações do país, chegou a subir 1,63%, mas perdeu forçae encerrou com alta de 0,53%, aos 83.359 pontos. O dólar comercial, por sua vez, recuou 1,16%, a R$ 3,735. Pela manhã, as ações subiram com mais força, refletindo a alta de sexta-feira nas Bolsas americanas, dia em que a B3 não funcionou. Passado esse ajuste, pesou a maior aversão ao risco no exterior.

-O exterior hoje operou pressionado com as tensões na Arábia Saudita e também com a guerra comercial. Ainda assim, o Ibovespa fechou em alta, já que o cenário eleitoral está ajudando avaliou Pedro Galdi, analista da corretora Mirae. As Bolsas de Wall Street operaram em queda devido ao aumento na tensão entre as potências ocidentais e a Arábia Saudita, por causa do desaparecimento de um jornalista crítico ao regime saudita. O Dow Jones, principal índice da Bolsa de Nova York, recuou 0,35%, enquanto o S&P 500, mais amplo, caiu 0,59%.

O dólar também seguiu o movimento global. O Dollar Index, da Bloomberg, que mede o comportamento da divisa americana frente a uma cesta de dez moedas, teve quedade0,17%.

ALTA DE ESTATAIS

Na Bolsa, os papéis ordinários (ON, com direito a voto) da Petrobras subiram 2,31%, e os preferenciais (PN, sem voto) ganharam 1,90%. A maior alta do Ibovespa foi de Eletrobras PN: 6,24%. As ações ON da estatal avançaram 5,46%.

Os bancos, de maior peso na composição do Ibovespa, também registraram ganhos. Os papéis ON do Banco do Brasil subiram 1,40%. Já as ações PN de Itaú Unibanco e Bradesco avançaram, respectivamente, 1,16% e 0,53%.

As ações da Smiles amargaram a maior perda do dia: um tombo de 38,84%.

Ana Paula Ribeiro & Gabriel Martins

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino