China se move contra minério australiano e banco londrino

China se move contra minério australiano e banco londrino

É resposta à Austrália por se aliar a os EUA contra a China.

No South China Morning Post, `Posição da Austrália como maior fonte de minério de ferro da China está sob ameaça, com megaportos abertos para Brasil e África` Quatro deles foram liberados para navios eomoos Valemax, da Vale, e outros de África do Sul etc.

É resposta à Austrália por se aliar a os EUA contra a China. O fim de semana trouxe também um aviso ao Reino Unido. O Global Times, ligado ao PC, publicou que o `HSBC pode enfrentar fim da linha por conspirar com EUA contra Huawei`. O banco teria forjado `com o Departamento de Justiça uma armadilha` para a diretora da empresa presa há um ano e meio no Canadá. O HSBC postou mensagem aos chineses no WeChat, insistindo não estar envolvido nas ações contra Meng Wanzhou. Virou manchete no Financial Times, lembrando que 80% dos lucros do banco `sediado em Londres` vêm da Ásia.

Em título, o Global Times descreveu a mensagem do HSBC como de alguém que `se debate no leito de morte`. contra pompeo Presidente do Council on Foreign Relatíons, porta-voz do establishment de política externa, Richard Haasse screveu no Washington Post que o secretário de Estado, Mike Pompeo, `deturpa a liistória` ao dizer que o objetivo da aproximação com a China, há 50 anos, era torná-la uma democracia. `Era usar a China como contrapeso à União Soviética, não mudar sua natureza interna.` Também agora, acrescenta, cabe `ao povo chinêse seus li deres determinar` o que fazer.

Elon Musk,dono da Tesla, se viu criticado no Twitter pela derrubada de Evo Morales na Bolívia, `para obter o lítio` pai a os carros. Reação de Musk: `Vamos dar golpe em quem quisermos!`. lula lá Quase ao mesmo tempo, Lula entrou no ar na Al Jazeera para falar, no destaquedo canal: `EUA sempre estão por trás das mudanças de regime na América Latina`. moro lá O FT volta a ouvir Sérgio Moro, sob o título `Impulso anticorrupção patina sob Bolsonaro, diz ex-ministro`. 0 jornal não pergunta das ações recentes contra tucanos, mas o questiona sobre a `reputação danificada` pelas revelações do Intercept. `Não reconheço autenticidade dessas mensagens`, respondeu.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino