Bunge se une no Brasil a gigante do petróleo para produzir etanol

Bunge se une no Brasil a gigante do petróleo para produzir etanol

oint venture com a britânica BP terá 11 usinas com capacidade de moer 32 milhões de toneladas ao ano

A tràder americana de produtos agrícolas Bunge e a principal empresa britânica de energia, a BH assinaram acordo para formar uma joint venture de etanol de cana-de-açúcar no Brasil. A BP combinará seus empreendimentos brasileiros em biocombustíveis e bioenergia com os da Bunge.

A entidade autônoma, BP Bunge Bioenergia, terá n usinas de biocombustíveis no Brasil, com 32 milhões de toneladas de capacidade de moagemporano.

Ela produzirá etanol e açúcar. A Bunge disse que receberá recursos em dinheiro de US$ 775 milhões como parte do acordo. A BP pagará à trader US$ 75 milhões, e a joint venture assumirá US$ 700 milhõesde dívida associadaaos ativos da Bunge.

A Bunge saiu do mercado de açúcar no ano passado e foi forçada a suspender uma oferta pública inicial de seu negócio brasileiro de açúcar devido à falta de interesse de investidores. A americana procurouse concentrar em grãos, sementes oleaginosas e íngredientes alimentícios.

A empresa apostou mais de US$ bilhào na demanda por açúcar e etanol em 2010, quando adquiriu a Moema, operadora brasileira de usinas de açúcar. Mas o investimento teve dificuldades porque o mau tempo prejudicou as safras de cana, os preços do açúcar caíram e Brasília conteve o preço da gasolina, combustível concorrente do etanol. Há quatro anos, a Bunge anunciou que estava avaliando a venda das usinas deficitárias.

En quanto isso, algumas das principais empresas de petróleo e gás do mundo tentam expandir a produção de estoques de combustíveis líquidos mais ecológicos, enquanto apostam na demanda contínua por combustíveis, especialmente para transporte, como caminhões pesados e aviões `Os biocombustíveis serão parte essencial da transição energética`, disse Bob Dudley, piesidente-executivo da BR `O Brasil lidera o caminho para mostrar como eles podem ser usados em escala, reduzindo as emissões do transporte.

` A joint venture, sediada em São Paulo, também produzirá eletricidade renovável gerada por biomassa de resíduos de cana-de-açúcar. Em 2018, os negócios da BP e da Bunge produzira milhões de litros de equivalente a etanol. Ambas as entidades em pregam mais de 10 m íl pessoas no Brasil.

Os biocombustíveis emitem carbono em quantidade semelhante aos combustíveis fósseis quando queimados. Mas eles são considerados mais verdes porque são produzidos a partir de material orgânico que absorveu dióxído de carbono da atmosfera.

Hoje, nos EUA e na Europa, osbio combustíveis são geralmente consumidos na mistura de pequenas quantidades com os tradicionais estoques de combustíveis fósseis líquidos. Mas dois terços dos carros no Brasil operam com etanol. O acordo deverá ser concluído no quarto trimestre deste ano.

Ànjli Raval e Neil Hume

Tradução de Luiz Roberto Mendes Gonçalves

 

 

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino