Brasileiro no FMI: ex-presidente do BC Ilan Goldfajn é indicado para diretoria do Fundo

Brasileiro no FMI: ex-presidente do BC Ilan Goldfajn é indicado para diretoria do Fundo

15:27 - Ele deve assumir o cargo de diretor do Departamento do Hemisfério Ocidental em 3 de janeiro de 2022

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, anunciou nesta segunda-feira a indicação do ex-presidente do Banco Central do Brasil Ilan Goldfajn como diretor do Departamento do Hemisfério Ocidental do Fundo.

Segundo o comunicado, Goldfajn irá assumir o cargo como chefe do departamento do FMI encarregado das relações com os países-membros das Américas em 3 de janeiro de 2022. Goldfajn presidia o Conselho do Credit Suisse.

O ex-presidente do BC irá substituir Alejandro Werner, que saiu do Fundo, como previamente anunciado.

“Estou muito satisfeito que Ilan se junte à nossa equipe como o novo diretor do Departamentodo do Hemisfério Ocidental.

Goldfajn foi presidente do Banco Central (BC) brasileiro de maio de 2016 a fevereiro de 2019. Durante sua gestão no BC, ele supervisionou a implementação de mudanças regulatórias que abriram as portas para novos participantes no setor de serviços financeiros, estimulando a inovação e digitalização, e fomentou o crescimento de empresas fintech que impactaram o setor financeiro brasileiro.

Em 2017, foi eleito o melhor presidente de BCs do ano pela revista The Banker; e no ano seguinte, ganhou o mesmo título pela revista Global Finance.

No setor privado, Goldfajn atuou como economista-chefe e sócio do Itaú Unibanco, sócio-fundador da Ciano Investimentos e sócio e Economista da Gávea Investimentos. Ele também trabalhou como consultor para várias organizações financeiras globais, incluindo o Banco Mundial, as Nações Unidas e o FMI.

O comunicado do Fundo destaca que Goldfajn havia atuado como economista do FMI entre 1996 a 1999.

“Estou muito satisfeito que Ilan está retornando para nós neste momento crucial tempo e que poderemos nos beneficiar de sua experiência excepcional à medida que continuamos a ajudar os países da região a construir economias mais resilientes e inclusivas ”, concluiu Georgieva.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino