Brasil negocia construção de gasoduto com a Argentina

Brasil negocia construção de gasoduto com a Argentina

O Brasil está negociando com a Argentina a construção de um gasoduto de bilhões de dólares a partir das reservas de gás de xisto de Vaca Muerta, disse o presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira.

Em declarações a simpatizantes nas redes sociais, Bolsonaro disse que o gasoduto da Argentina é uma das opções que o seu governo está estudando para reduzir o preço do gás no Brasil. “Estamos em negociações com a Argentina. Gás de Vaca Muerta. Vai acontecer um dia, porque não é fácil começar a importar gás, é preciso gasodutos (sic)”, disse Bolsonaro em sua transmissão ao vivo semanal.

O embaixador da Argentina em Brasília, Daniel Scioli, propôs no ano passado a construção do gasoduto em reuniões com Bolsonaro e o ministro de Minas e Energia do Brasil, Bento Albuquerque. A Argentina está propondo um gasoduto com 1.430 km das reservas de gás de xisto na província de Neuquen até a fronteira com o Brasil em Uruguaiana e outros 600 km dali até Porto Alegre (RS), conectando-se à rede de distribuição de gás do Sul do Brasil.

Bolsonaro não disse como o projeto seria financiado. Os custos estão estimados em US$ 3,7 bilhões para a Argentina e outro US$ 1,2 bilhão para o trecho brasileiro.

Bolsonaro disse ainda que pediu ao ministro da Economia, Paulo Guedes, um estudo sobre a possibilidade de zerar o PIS/Cofins sobre o diesel em janeiro do próximo ano.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino