Brasil e Argentina, os gigantes latino-americanos, sofrem aumento nas taxas de desemprego

Brasil e Argentina, os gigantes latino-americanos, sofrem aumento nas taxas de desemprego

O nível de desemprego na Argentina atingiu 13,3%, enquanto o do Brasil subiu para 13,6%.

Argentina e Brasil, duas das maiores economias da América do Sul, informaram na quarta-feira que seus níveis de desemprego aumentaram nos últimos meses devido à estagnação econômica gerada pela pandemia do coronavírus.

O Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec) da Argentina observou que a taxa de desemprego no país aumentou no segundo trimestre para 13,1%, subindo 2,7% em relação ao trimestre anterior.

O órgão de estatísticas apontou que os números refletem o impacto da quarentena que foi imposta em 20 de março com o objetivo de conter a disseminação do COVID-19.

“Esses resultados refletem em grande parte o impacto que a pandemia de COVID-19 e as restrições a certas atividades e circulação tiveram na dinâmica do mercado de trabalho”, declarou o Indec em relatório.

O Indec explicou ainda que o valor representa também um aumento do índice apresentado no mesmo período do ano passado, que se situou em 10,6%.

Enquanto isso, no Brasil, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) também anunciou nesta quarta-feira que desde o início da pandemia até agosto, a força de trabalho em busca de emprego aumentou 27,6%, elevando o número total de desemprego em 13,6%.

Isso significa que cerca de 13 milhões de habitantes procuram emprego. No entanto, a entidade acrescentou que outros 27,1 milhões de brasileiros deixaram de procurar trabalho neste período e agora não têm ocupação remunerada.

O IBGE destacou que o desemprego no país aumentou de 13,1% para 13,6% em relação ao mês passado, embora muitas das restrições de quarentena tenham sido suspensas.

Até o momento, o Brasil notificou 4.624.885 casos confirmados, dos quais 138.977 pessoas morreram, enquanto a Argentina confirmou 652.174 casos e 13.952 mortes.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino