Bolsonaro terá reunião com empresários na Argentina

Bolsonaro terá reunião com empresários na Argentina

A previsão é que o presidente, além do encontro com Macri, também participe de seminário sobre defesa

O presidente Jair Bolsonaro participará de uma reunião com empresários da Argentina e de um seminário sobre o setor de defesa após a visita que fará ao presidente do país, Mauricio Macri, na quinta-feira.

Fontes da Casa Rosada revelaram à Agência Efe que a agenda de Bolsonaro começará logo pela manhã, pouco depois de chegar a Buenos Aires. O primeiro evento marcado será uma homenagem ao general José de San Martín, considerado pai da pátria argentina.

Na sequência, Bolsonaro será recebido por Macri na Casa Rosada, sede do governo do país vizinho. Esta será a segunda reunião com essas características entre eles, já que o presidente argentino veio ao Brasil em janeiro e esteve no Palácio do Planalto.

Os dois presidentes participarão de uma saudação oficial no Salão Branco, com a presença da imprensa, e posteriormente terão um encontro particular com a presença das respectivas primeiras-damas, Juliana Awada e Michelle Bolsonaro.

A previsão é que Macri e Bolsonaro façam uma declaração conjunta à imprensa, sem a abertura para perguntas de jornalistas, sobre os principais pontos e acordos discutidos na reunião, que será focada na agenda bilateral e interesses comuns no cenário internacional.

Como é habitual em visitas de Estado, Macri oferecerá um almoço no Museu da Casa Rosada a Bolsonaro, que também terá breve reunião com as autoridades do Legislativo e do Judiciário da Argentina.

À tarde, segundo fontes ouvidas pela Efe, Bolsonaro participará do encerramento do Seminário da Indústria de Defesa, organizado pela embaixada do Brasil em Buenos Aires, e de um encontro com importantes empresários argentinos, que será fechado à imprensa.

Ao fim do dia, Bolsonaro fará sua tradicional live nas redes sociais para resumir a visita a Macri. O presidente volta ao Rio de Janeiro na manhã de sexta-feira.

Os assuntos que devem dominar o encontro são a crise da Venezuela, já que Bolsonaro e Macri são dois dos presidentes mais críticos ao regime de Nicolás Maduro, e o estado das já avançadas negociações de um acordo comercial entre Mercosul e União Europeia.

 

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino