Bolívia propõe substituição da OEA, que apoiou golpe no país

Bolívia propõe substituição da OEA, que apoiou golpe no país

16:27 - Anteriormente, na reunião de chanceleres, o presidente mexicano Andrés López Obrador havia lançado a proposta de eliminação da OEA

No âmbito da Sexta Cúpula de Chefes de Estado da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), a ser realizada neste sábado, 18 de setembro, a Bolívia pretende propor o fortalecimento do mecanismo regional como alternativa à Organização dos Estados Americanos (OAS).

Segundo o representante permanente da Bolívia junto à Organização das Nações Unidas (ONU), o presidente Luis Arce apoiará sua posição sobre a necessidade de uma organização internacional, uma Celac que reúna questões comuns entre os Estados membros e seja capaz de dialogar com outros mecanismos internacionais.

Diego Pary indicou em entrevista que a América Latina e o Caribe requerem um Celac com a força necessária para o diálogo, a negociação e a articulação com outras áreas.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino