Balança comercial argentina registra superávit pela 1ª vez em 21 meses

Balança comercial argentina registra superávit pela 1ª vez em 21 meses

SÃO PAULO - (Atualizada às 19h04) A Argentina registrou superávit na balança comercial em setembro pela primeira vez em 21 meses, segundo dados divulgados nesta terça-feira (23) pelo Instituto Nacional de Estatística e Censo (Indec). O saldo positivo foi de US$ 314 milhões, mas foi impulsionado principalmente pela queda de 21% nas importações, em comparação ao mesmo período do ano passado, movimento incentivado pelo dólar alto e atividade econômica em baixa. As exportações argentinas também caíram 4,8% em setembro.

No total, o país registrou exportações de US$ 5,013 bilhões e importações de US$ 4,699 bilhões, segundo o Indec. Diante da desvalorização de quase 50% do peso em relação ao dólar, analistas econômicos argentinos acreditam que a balança comercial do país continuará tendo superávits nos próximos meses, de acordo com o diário "Ambito Financiero", mas sob um processo de encolhimento da economia.

Recessão  Segundo economistas, o saldo positivo da balança comercial é explicado pela recessão econômica. "Mais do que as importações, as exportações tiveram uma queda importante. Isso é resultado da redução da atividade econômica, que faz com que a Argentina venda menos ao exterior", afirma Matías Carugati, economista da Management & Fit, em Buenos Aires.

Segundo Carugati, a desvalorização do peso em agosto contribui para a queda das importações. O superávit comercial de US$ 314 milhões ficou acima do esperado. Alberto Ramos, economista do banco Goldman Sachs, lembra que o mercado esperava déficit de US$ 150 milhões. "A melhora da balança comercial em setembro foi impulsionada pela queda significativa nas importações de bens de capital e bens de consumo. O declínio acentuado das importações mais do que compensou o fraco desempenho das exportações", afirmou.

Em agosto, o déficit comercial da Argentina foi de US$ 1,1 bilhão. Em setembro de 2017, o saldo negativo foi de US$ 698 milhões.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino