Autor de facada em Jair Bolsonaro é identificado e encaminhado à PF

Autor de facada em Jair Bolsonaro é identificado e encaminhado à PF

19:16 - Adelio Bispo, de 40 anos, é de Montes Claros (MG). Em várias postagens no Facebook, critica o deputado carioca, fala mal da maçonaria e de outros políticos.

O autor da facada que atingiu o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) foi preso e identificado Polícia Militar de Minas Gerais. O acusado, segundo informações da própria PM, é Adelio Bispo de Oliveira, 40 anos. No Facebook, Adelio tem fotos de passeatas contra o presidente Michel Temer. Ele é de Montes Claros. 

Em várias postagens no Facebook, Adelio critica o deputado carioca e, em vários posts, fala mal da maçonaria e de outros políticos. Já compartilhou um vídeo favorável a Enéas Carneiro. Em uma das publicações, inclusive, Adelio diz que Bolsonaro é "apoiado por clãs maçônicos". 

O suspeito também já havia publicado imagens atacando os potenciais eleitores do candidato do PSL.

Ao contrário do que circula nas redes sociais, o suspeito não é filiado a nenhum partido político, conforme informou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Adelio, no entanto, integrou os quadros do PSol de 2007 a 2014, quando pediu desfiliação. O PSol classificou o ataque a Bolsonaro como "um grave atentado à normalidade democrática e ao processo eleitoral". 

Segundo o porta-voz da PM de Minas, o candidato foi socorrido por populares e encaminhado ao Hospital da Santa Casa, em Juiz de Fora. As informações preliminares indicam um golpeamento.

A PM garantiu a integridade física do infrator e está fazendo o encaminhamento do suspeito para a Polícia Federal. O porta-voz não confirmou se houve linchamento. Também segundo a PM, o suspeito tem uma passagem criminal por lesão corporal, em 2013.

Ataque

Bolsonaro fazia campanha no centro de Juiz de Fora (MG), quando recebeu uma facada na barriga. Ele estava nos ombros de um eleitor quando o homem lhe desferiu o golpe. Diversos vídeos circulam nas redes sociais e mostram o momento do ataque. O deputado foi socorrido imediatamente. 

O candidato foi levado à Santa Casa da Misericórdia onde deu entrada pela emergência. Segundo o filho da vítima, o também deputado Flávio Bolsonaro, o pai levou seis pontos e passa bem. Porém, há informações de que o ferimento de Bolsonaro foi um pouco mais profundo e que chegou a atingir o seu fígado. 

"Jair Bolsonaro sofreu um atentado agora em Juiz de Fora, uma estocada com faca na região do abdômen. Graças a Deus, foi apenas superficial e ele passa bem. Peço que intensifiquem as orações por nós!", escreveu Flávio Bolsonaro no Twitter.  

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino