Argentina: Federais fazem buscas em prédio de Cristina Kirchner

Argentina: Federais fazem buscas em prédio de Cristina Kirchner

14/08/2018 20:44 - Agentes da Polícia Federal da Argentina entraram nesta segunda-feira (13) no prédio onde se encontra uma das residências de Cristina Kirchner, em Buenos Aires, para realizar uma operação de busca em dois apartamentos que não pertencem à ex-presidente.

"Eles estão invadindo o primeiro e o quarto andares, que não pertencem à família da senadora", confirmou o advogado de Cristina, Gregorio Dalbón, na porta do edifício. Ele classificou a operação como "um circo".

Segundo o jornal "Clarín", ambas as propriedades estão em nome de pessoas ligadas a Fabián De Sousa, sócio do empresário Cristóbal López -acusado de obter vantagens ilegais dos governos kirchneristas.

A operação foi autorizada pelo juiz Claudio Bonadio, no contexto das investigações sobre um esquema de propinas.

Em depoimentos à Justiça, ao menos seis executivos afirmaram terem feito pagamentos a ex-funcionários dos governos de Néstor (2003-2007) e Cristina Kirchner (2007-2015).

Imunidade parlamentar

Senadora, Cristina tem imunidade parlamentar - mandados de busca e detenção precisam ser aprovadas pelo Congresso - e por isso não teve seu apartamento invadido. A ex-presidente apresentou-se ao juiz Bonadio nesta segunda-feira de manhã para responder a questões relacionadas à mesma investigação.

De acordo com o jornal "La Nación", ela entregou um testemunho por escrito afirmando que desconhecia o esquema delatado e se negou a responder perguntas.
 

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino