Argentina detecta transmissão comunitária da variante de Manaus

Argentina detecta transmissão comunitária da variante de Manaus

Autoridades de saúde afirmaram que detectaram casos da cepa brasileira e de outras variantes na capital argentina e na Província de Buenos Aires que não têm conexão com viajantes

O governo argentino afirmou nesta segunda-feira (29) que há transmissão comunitária no país da variante P1 do coronavírus, encontrada primeiro em Manaus.

Autoridades de saúde afirmaram que detectaram casos da cepa brasileira e de outras variantes na capital argentina e na Província de Buenos Aires que não têm conexão com viajantes, segundo a imprensa argentina.

As variantes detectadas na Argentina são quatro: a P1, de Manaus, a cepa da Califórnia, a do Reino Unido e a P2, encontrada pela primeira vez no Rio de Janeiro. Já havia registro de transmissão comunitária em relação às duas últimas.

As cepas foram detectadas em 297 amostras de pessoas infectadas em Buenos Aires, sem antecedentes de viagem ao exterior recentemente, e em 16 amostras de residentes de Córdoba, de casos de argentinos regressando do exterior, contato com viajantes ou transmissão comunitária.

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino