Alemanha: ´É imperativo ajudar países como o Brasil´

Alemanha: ´É imperativo ajudar países como o Brasil´

Na COP-24, ministro do Desenvolvimento alemão busca investimentos privados para financiar energia elétrica sem uso de carvão

Na COP-24, ministro do Desenvolvimento alemão busca investimentos privados para financiar energia elétrica sem uso de carvão

A Alemanha divulgará ainda nesta semana, durante a COP-24, Conferência do Clima da ONU, uma iniciativa para atrair mais investimentos privados em projetos na África, no Brasil e em outras regiões, afirmou o ministro do Desenvolvimento, Gerd Mueller.

Ele disse à rede de jornais RND que a Alemanha `enviará um forte sinal` na conferência, que acontece em Katowice, na Polônia, com sua iniciativa `Aliança para o Desenvolvimento e Clima`, além de uma promessa de gastar 1,5 bilhão de euros adicionais em proteção climática. Mueller disse ser imperativo ajudar países como Brasil, índia, China e nações da África a fornecerem eletricidade para suas populações em crescimento sem depender da produção de carvão:

-Podemos ajudar a dar saltos no desenvolvimento. Temos a tecnologia e o conhecimento. Mais de 70 empresas já se inscreveram na iniciativa alemã, que busca investimentos privados.

FORTALECER A AMAZÔNIA

Entre outros eventos programados para hoje na COP-24 está o debate `Empoderamento para mudar a batalha pelas terras e águas da Amazônia`, que irá acontecer no Climate Hub, um espaço aberto ao público. Em inglês, apalestra leva o nome de um projeto da Climate Alliance (`Change the Power`) que apoia o intercâmbio entre pessoas que vivem em lugares onde há conflitos por fontes energéticas. No Brasil, tem estreita cooperação com indígenas brasileiros.

Será apresentado um documentário de 25 minutos sobre a construção da usina de Belo Monte e sobre `o que aconteceu nos bastidores para que saísse do papel`. Depois disso, serão debatidos os impactos das usinas hidrelétricas feitas usando barragens e a responsabilidade pela transição energética para fontes limpas. A conversa acontecerá entre a cientista política Silke Lunnebach, que coordena o projeto que dá nome à palestra, e o geógrafo Dietmar Mikes. Brasil em destaque. 0 pavilhão onde acontece a COP-24, na Polônia

 

www.prensa.cancilleria.gob.ar es un sitio web oficial del Gobierno Argentino